Previsão do Tempo


História
Conheça Jaguarão PDF Imprimir E-mail

 

Jaguarão

 

  • Jaguarão é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.
  • Localiza-se a uma latitude 32º33'58" sul e a uma longitude 53º22'33" oeste, estando a uma altitude de 26 metros.
  • Sua população estimada em 2004 era de 31.293 habitantes.
  • No extremo sul do país e fronteiriça ao Uruguai, a cidade é vista pelo governo federal como alternativa de travessia internacional pelo rio Jaguarão.
  • Em 25 de março de 2009, o Senado aprovou a construção de uma ponte em acordo com o país vizinho assinado em 2007. A ligação acontecerá com a cidade uruguaia de Rio Branco.


 

 

História

O começo de Jaguarão remonta a 1802 com um acampamento militar fundado às margens do Rio Jaguarão pelo tenente-coronel Manuel Marques de Sousa. Em 1777, com o Tratado de Santo Ildefonso, o município de Jaguarão ficava em terras espanholas. A primeira vila que começou a se formar a partir de 1751 no Rio Grande do Sul foi Rio Grande que, com a invasão dos espanhóis em 1763, transferiu sua sede de governo para Viamão. 

Com Dom João VI no Brasil, em 1808 e 1809, são criados definitivamente os municípios de Porto Alegre, Rio Grande, Rio Pardo e Santo Antônio da Patrulha. Cachoeira do Sul, vizinha de Rio Pardo, foi criada dez anos mais tarde. Em dezembro de 1830 criaram-se Pelotas e Piratini e em outubro de 1831, Alegrete, Caçapava do Sul, São José do Norte e Triunfo. 

Jaguarão foi elevada a vila em 6 de julho de 1832, sendo o 12º município do Rio Grande do Sul. Situa-se na parte meridional do estado, na fronteira com a cidade uruguaia de Rio Branco, às margens do Rio Jaguarão, que nasce na região montanhosa do estado, perto do município de Pinheiro Machado e corre aproximadamente em direção norte-sul até atingir as alturas de Aceguá, voltando-se depois para noroeste-sudeste, marcando, a partir desta parte, o limite entre as faixas centro-sul do estado e centro-oriental do Uruguai. Passa entre Rio Branco e o município de Jaguarão e deságua na Lagoa Mirim. Seu curso é de aproximadamente 270 quilômetros.

Uma das principais causas da criação de Jaguarão, foi a falta de acesso à justiça da então Vila do Espírito Santo do Serrito. Mesmo elevado a vila em outubro de 1832, o município propriamente dito demorou a se instalar. Em 22 de Maio de 1833 o município de Jaguarão desmembrou-se de Rio Grande e deu posse aos seus primeiros vereadores. O município é conhecido por suas belas portas e está conservada e preservada por seus habitantes, exceto a Enfermaria Militar. Os exemplos de Arquitetura Eclética do centro da cidade datam de 1876 e de 1920, com frisos e marquises, e portas em estilo artesanal português. Hoje a Estação Férrea de Jaguarão pertence a loja Maçônica General Osório 140 (Grande Loja), e está em fase de restauração com grande parte concluída.

 

 


Login Form



Serviços Úteis

Artigos publicados